Preparado para descobrir a PNL?


Vamos falar de um grande desafio: tentar decifrar comportamentos, enquanto descobrimos como funcionam as diferentes estruturas da nossa mente. Conhecer a forma como interpretamos determinados sinais e de que maneira esta interpretação impacta a nossa vida é, de facto, uma grande conquista. A Programação Neurolinguística pode ser entendida como metodologia, uma ferramenta e/ou competência que é potenciada com trabalho e desenvolvimento e pode ser muito útil na nossa vida pessoal e profissional.


Mas, vamos por partes e comecemos por aprofundar os termos:


Programação

A nossa mente está programada e nós vivemos segundo esta configuração assente em pensamentos que, por sua vez, estão alicerçados em emoções, crenças, tradições e cultura. E é esta programação que controla o sistema neurológico e de comunicação. Fazer reset será praticamente impossível, mas reprogramar é uma transformação aliciante, não acha?


Neuro

Os sistemas neurológico e cerebral ajudam-nos a processar a informação e a experienciar a vida, o mundo. Reprogramar implica outro modo de experienciar. Se for para melhor, por que não mudar?


Linguística

Engloba todo o processo de comunicação verbal e não verbal que pode dizer muito de nós. Pode conseguir alcançar um outro nível de consciência que, de outra forma, permaneceria desconhecida.



Um pouco de história


Richard Bandler e John Grinder começaram a praticar PNL na Califórnia, na década de 70.

O maior interesse de Bandler, especialista em matemática e informática e com curiosidade por psicologia, estava no porquê de certos terapeutas serem mais eficazes do que outros. Na procura por pistas que levassem a este sucesso comprovado, transcreveu as sessões conduzidas por dois grandes terapeutas.

John Grinder, especialista em linguística e ex-agente da CIA, ajudou Bandler a analisar as transcrições e em conjunto chegaram a um conjunto de matrizes que até hoje são as bases da PNL.

“Existe uma conexão entre os processos neurológicos ("neuro-"), a linguagem (linguística) e os padrões comportamentais aprendidos através da experiência (programação), e estes podem ser alterados para alcançar informações específicas e metas na vida.”

Dilts, R., Grinder, J., Delozier, J., and Bandler, R. (1980). Neuro-Linguistic Programming: Volume I: The Study of the Structure of Subjective Experience.


Os dois pioneiros estiveram décadas numa polémica de disputas sobre direitos de autor, até que em 2000 tanto o US Superior Court como a Engels High Court declararam que a PNL e o termo podem ser empregues livremente.

Muitos nomes se seguiram no desenvolvimento desta temática - Tad James (TM, Time Line Therapy), Lucas Derks (Social Panorama), Michael Hall (Neuro-Semantics, Meta-states), John Overdurf (Humanistic Neuro-Linguistic Psychology), entre outros.


Um método orientado para a ação


O grande diferencial da metodologia e das técnicas de PNL é que estas são altamente orientadas para ação e criam uma grande efetividade. Em vez de nos focarmos no “porquê”, vamos querer pensar em “como”.

Tendo como certeza de que a comunicação pode ser melhorada em qualquer contexto, a PNL permite reavaliar perceções enquanto fortalecemos as nossas relações interpessoais.


Entre muitas vantagens:


- É uma ótima alavanca na resolução de conflitos;

- Desbloqueia processos de aprendizagem;

- Melhora competências de oratória e liderança;

- Potencia a escuta ativa;

- Ajuda a ultrapassar stress, ansiedade e fobias.


5 técnicas e metodologias na abordagem PNL



  • Ancoragem - processo de associação de reações interiores causadas por algum gatilho. A Metodologia PNL permite aceder a estes gatilhos, sejam as âncoras imagens ou sons.

  • Exercícios de Respiração – estes são essenciais manter o controlo sobre as emoções, não desviando o foco de todo o processo.

  • Rapport – construir a confiança, uma relação de sintonia e segurança com uma pessoa ou um grupo de pessoas é uma das técnicas usadas pela PNL.

  • Metáforas – Estabelecer comparações que não são explícitas é importante para revelar aquilo de que não somos conscientes.

  • Metodologia Disney - encarar o seu maior plano na vida e testá-lo em três estilos diferentes de pensamento. Era assim que Walt Disney fazia para perceber se a ideia era robusta, abrangente e realista o suficiente.


No âmbito da consultoria e coaching one-to-one, a Proficoncept explora as potencialidades da Programação Neurolinguística.


Quer saber como?


Fale connosco para delinearmos o seu plano de desenvolvimento pessoal!


Envie-nos um email para geral@proficoncept.pt ou ligue-nos para o número +351 968 450 911. Esperamos pelo seu contacto!


#Proficoncept #PNL #mente #cérebro #formação #consultoria #coaching



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo