FORMADORES

Independentemente do contexto de formação, o papel do formador enquanto pilar na transmissão do conhecimento e experiência é fundamental. Uma experiência enriquecida e reconhecida nas respetivas áreas acrescenta ainda mais valor à aprendizagem e partilha na dinâmica de formação.

 

A Proficoncept tem a honra e privilégio de ter os melhores formadores! Atores e atrizes, músicos, professores, guionistas e diretores de arte premiados… Todos com o foco na sua valorização pessoal e profissional! Fique a conhecer a nossa equipa de formadores!

Rita Alagão

Atriz Rita Alagão - Formadora Curso de interpretação cinema televisão e publicidade

Atriz e com uma vasta experiência em formação e pedagogia, Rita Alagão é também uma das dobradoras portuguesas mais conhecidas dos filmes da Disney. “Adoro formar, sinto-me muito realizada em partilhar conhecimentos”.


» Licenciada pela Escola Superior de Teatro e Cinema;
» Mestre em Teatro e Comunidade;
» Direção de atores em novelas e séries; 
» Dobradora da Disney;
» Encenadora;
» Formadora, Coach e Professora do Ensino Superior nas áreas das Expressões Artísticas.
» Atriz em produções como "Desencontros" (RTP), "Filhos do Vento" (RTP), "O Olhar da Serpente" (SIC), "Queridas Feras" (TVI), "Mundo Meu" (TVI), "Morangos com Açúcar" (TVI), "Rebelde Way" (SIC), entre outros.


Veja o seu currículo no IMDB.

Ana Paula Castela

Ana Castela - Formadora

Com uma vasta experiência pedagógica no Ensino Superior no Instituto Politécnico de Castelo Branco, foi professora, coordenadora de cursos e Presidente do Conselho Pedagógico, publicando vários artigos científicos.


» Licenciada em Sociologia pela Universidade da Beira Interior; 


» Mestre em Sociologia (“Recursos e Estratégias de Desenvolvimento na Zona Raiana”; Universidade Nova de Lisboa); 


» Doutorada em Sociologia (“Procesos de Cambio en la Sociedad Actual:

Sociedad, Cultura y Educación”, Universidad de Salamanca), Diploma de Estudios Avanzados (D.E.A.) del doctorado (“Procesos de Cambio en la Sociedad Actual: Sociedad, Cultura y Educación”, Universidad de Salamanca) e Pós-Doutoramento em Turismo (“Entre o chegar e o partir. O novo turismo urbano numa perspectiva sociológica: O caso de Lisboa”, Universidade de Aveiro);


» Investigadora do CEDER – Centro de Estudos de Desenvolvimento Regional do Instituto Politécnico de Castelo Branco e do Instituto de Estudos Sociais da Universidade da Beira Interior;

» Membro de várias associações e núcleos de investigação: Internacional Sociology Association, Associação Portuguesa de Sociologia, Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais, GOVCOP, Universidade de Aveiro.
 

Carla Chambel

Carla Chambel - Atriz e Formadora

Atriz, Carla Chambel estudou com mestres da arte de representar do panorama nacional e europeu. Já fez cinema, televisão, anúncios, teatro, animações, locuções, workshops, direção de atores. Com várias nomeações para prémios das artes performativas, venceu o Prémio Melhor Atriz de Teatro 2007, pelo Instituto Bernardo Santareno, e o Prémio Sophia na categoria de Melhor Atriz Secundária 2015 no filme “Se Eu Fosse Ladrão Roubava”, de Paulo Rocha. É uma criadora “sempre a encontrar novas possibilidades para outras ideias”.


» Escola Superior de Teatro e Cinema;

» Variados projetos com companhias de teatro portuguesas, tais como a Comuna Teatro de Pesquisa, Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Meridional, Novo Grupo/Teatro Aberto, Teatro dos Aloés, entre outras;


» Em televisão, fez a série JURA e a novela VINGANÇA, ambas na SIC. Foi Marina de Jesus em BEM- VINDOS A BEIRAIS, de 2013 a 2016, para a RTP;


» No Cinema, tem trabalhado com diversos realizadores desde os mais conceituados aos mais jovens, sendo 98 OCTANAS de Fernando Lopes e AMÁLIA de Carlos Coelho da Silva os mais marcantes. Em 2013, é protagonista de QUARTA DIVISÃO, de Joaquim Leitão/MGM Filmes;

» Fez direção de atores na novela Laços de Sangue, para a SIC, que ganhou o EMMY para melhor telenovela em 2011, mais recentemente em A TEIA, para a TVI, em 2018/19, e coaching em BEM-ME-QUER para a TVI/ Plural;

» Conta com diversos projetos no âmbito de teatro sénior, de aulas de interpretação a crianças e jovens; 

» Faz locuções de publicidade e dobragem. É a voz da Eva Longoria para os produtos da L’Oréal em Portugal. Já fez locução para áudio livros, voz para documentários, entre outros. 


» É formadora na Academia Mundo das Artes, onde leciona Interpretação e Direção de Atores;

» É Vice-presidente da Academia Portuguesa de Cinema, onde anualmente produz a participação portuguesa no EFA YOUNG AUDIENCE AWARD;

» Faz parte da direção da GDA.


Veja o seu currículo no IMDB.
 

Ângela Pinto

Angela Pinta - Atriz e Formadora

A sua paixão pela arte de representar move-a há mais de 30 anos em constante atividade.

Ângela Pinto é uma atriz com um vasto currículo reconhecido no mundo do teatro, cinema e televisão. Ganhou, em 1985, o "Sete de Ouro" como atriz revelação e o prémio de Teatro em 1984, pela sua interpretação em "Filhos de um deus menor", de Mark Medoff. Fundou em 1980 o Teatro Laboratório de Faro, em 1987, a Metrópolis e, desde 2008, faz parte da Associação Tenda. A convite, entre 1997 e 2020, fez inúmeras leituras encenadas e sessões de poesia. “(…) O grande amor que tenho pela palavra levou-me a decidir pela representação.”


Televisão


2020/21 - Telenovela “Bem Me Quer”- Plural/TVI;
2019/20 - Telenovela “Terra Brava” - SP televisão/SIC;
2017 - Série “Excursões Air Lino” - AFM /RTP1;
2014/15 - Telenovela “Mar Salgado”- Telenovela - SP/ SIC;
2011/12 - Telenovela “Rosa Fogo” - SP/ SIC;
2008/09 - Telenovela “Podia Acabar o Mundo” - SP/ SIC;
2008 - Série “Equador”,  Plano 6 e Plural/ TVI.


Teatro


2018/19 - “Boa Noite Mãe” de Marsha Norman | Encenação de Hélder Gamboa | Teatro da Trindade/ Tenda Produções | Digressão;
2017/18 - “Estrangeiras” a partir de Slawomir Mrozek| Encenação Hélder Gamboa |Tenda Produções| Teatro da Malaposta e digressão;
2016 - “O Apartamento” de Billy Wilder| Encenação Fraga |Teatro da Trindade;
2014 - “8 Mulheres” de Robert Thomas| Encenação de Hélder Gamboa| Teatro da Trindade;
2013 - “Mr. Wilde” a partir de Oscar Wilde| Encenação Margarida Barata| Mob e digressão |Produção Vara Teatro;
2012 - “Coisas de Homem” de Franz Xaver Kroetz| Encenação Maria Emília Correia| Teatro da Trindade-sala estúdio.


Cinema


2019 - “Listen” - Realização de Ana Rocha de Sousa – LM;
2018 - “Fátima” - Realização de Marco Pontecorvo – LM.

Veja o seu currículo no IMDB.

Guilherme Filipe

Guilherme Filipe - Ator e Formador

Docente, formador e investigador, Guilherme Filipe estreou-se em televisão na série Mátria (1984), de Natália Correia com realização de Dórdio de Guimarães (RTP1). Como ator, em contexto televisivo e teatral, participou em vários projetos com projeção internacional (das quais se destacam La Brute, de Claude Guillemot, 1987, ou Je m'appelle Bernardette, de Jean Sagols, 2011), chegando ainda a colaborar na direção e encenação de peças nacionais. “O teatro é de tal forma amplo na sua atuação que precisa ser estudado, nas suas múltiplas vertentes.”

» Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa: Licenciatura em Filologia Germânica;

» Mestrado em Estudos de Teatro; dissertação: Percursos itinerantes: A companhia de Rafael de Oliveira – Artistas Associados;

» Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC): Licenciatura no Curso de Formação de Atores e Encenadores;

» Doutor em Estudos Artísticos, ramo Estudos de Teatro.

Cinema

João Mário Grilo (2000, A Falha), Maria de Medeiros (2000, Capitães de Abril), Luís Filipe Rocha (2001, Camarate) e António-Pedro Vasconcelos (2015, Amor Impossível).

Televisão

Ator regular na televisão, conta com inúmeras participações desde a década 80:

2015- “Une Famille formidable : #12.2” -  Série - TF1,  França

2013/14/15 - “Bem-vindos a Beirais - Série - SP/ RTP1

2013 - “ BELLA Block” – Serie  - Cinemate/ UFAfiction,  Alemanha

2012/13 - “Dancin` Days” - Telenovela - SP/SIC

2012 - “Incógnito - Telefilme - PLURAL/RTP

Como autor para teatro


Dizem que os milagres existem. Episódio dramático, em 1 ato. Coescrito com Fábio Ferreira, a partir de Coração Frágil, de F. Dostoievski. Estreou na Comuna – Teatro de Pesquisa (Sala das novas tendências), em 15 de setembro, com encenação sua.

Veja o seu currículo no IMDB.

Jaime Mears

Jaime Mears - Formadora e Atriz

Jaime Mears, nasceu na Austrália e trabalha profissionalmente em Teatro, Cinema e Televisão na Austrália e em Portugal desde 1999. Desde 2018 que improvisa em contextos hospitalares, encarnando a personagem de palhaça de hospital na Operação Nariz Vermelho. “Uma prevenção eficaz contra levar-se demasiado a sério”, diz Jaime.


» Licenciada pelo National Institute of Dramatic Art NIDA em Sydney.

 
» Em 2007, recebeu o Churchill Fellowship por excelência nas Artes Dramáticas, que a levou a Paris, Nova Iorque e ao Reino Unido para continuar a sua formação com Philippe Gaulier, Anne Bogart e a SITI Company, Keith Johnstone e Complicité. 


» É membro do SITI Extended Ensemble e treina anualmente com membros da Suzuki Company of Toga. Ensina Bouffon no Reino Unido, Rússia, Austrália, Hungria e Dinamarca, bem como em Portugal, onde trabalha regularmente para escolas de teatro como ESMAE, ESTAL, Espaço EVOE e Inimpetus. 


» É codiretora artística do Teatro Rei Sem Roupa, Portugal, e trabalha como atriz e criadora para a Companhia Caótica e Mente do Cão em Lisboa. 

Rui Vilhena

Rui Vilhena - Escritor, Guionista, Formador

Já foi considerado uma das 100 pessoas mais influentes em Portugal pelo Jornal Expresso. Rui Vilhena, guionista, escritor premiado e nomeado, tem sido responsável pelos maiores sucessos da teledramaturgia portuguesa.

 

Graças à sua busca por temas polémicos e cuidado especial com a qualidade dos seus textos, garantiu o crescente aumento da preferência dos portugueses pelas produções televisivas nacionais.

 

Em 2019, recebeu o prémio de melhor autor de ficção e a sua novela “Na Corda Bamba” a de melhor telenovela da década em Portugal. Em 2020, “Na Corda Bamba” foi nomeada na categoria de “Melhor Telenovela” nos International Emmy Awards.

 

Como formador, já ministrou vários workshops, palestras e masterclasses em Portugal e no Brasil sobre a arte de escrever para cinema e televisão.


» Estudou Guionismo na Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), onde também frequentou o curso de produção para TV e Cinema;


» Escreveu as telenovelas: “Na Corda Bamba” (2019), “Sedução” (2010), “Olhos nos Olhos” (2008), “Tempo de Viver” (2006), “Ninguém como Tu” (2005), para a TVI e “Terra Mãe” (1998) para a RTP;


» Assinou as sitcoms “O Café da Esquina” (2000) e “Reformado e Mal Pago” (1996), bem como a série “Bastidores” (2001); 


» Responsável pela adaptação televisiva do romance “Equador” (2008), autor da minissérie 37 (2009) e de vários telefilmes para a TVI, entre eles: “Noivas de Maio”, “O Pacto”, “Vestida para casar”, “Anjos de Serviço” e “Intriga Fatal”. Supervisionou o primeiro remake da história da televisão portuguesa, “Vila Faia” (2008);

» Contratado pela TV Globo em 2010, colaborou com o autor Aguinaldo Silva na novela Fina Estampa e estreou a sua novela solo, Boogie Oogie, em 2015. Foi premiado como autor pelo Portuguese Brazilian Awards, no Lincoln Center em Nova Iorque, pelo sucesso de Boogie Oogie nas comunidades brasileira e portuguesa nos Estados Unidos;

» Na área do teatro, escreveu o musical infantil “A Canção dos Oceanos” e as peças “A Última História a Ser Contada”, “Cães de Guarda” e “Nove em Ponto”;

» Na literatura, publicou o seu primeiro livro “Doces Tormentas” em 2010, posteriormente adaptado para cinema; 


» Em 2012, escreveu a sua primeira curta-metragem, “Atrás da Porta”;


» No ano de 2017, em conjunto com a Academia Portuguesa de Cinema, idealizou e organizou o Primeiro Encontro de Escrita para Televisão e Cinema em Português.

 

Em 2018 foi membro do júri do FESTin, Festival de Cinema da Língua Portuguesa realizado em Lisboa. 

 

Veja o seu currículo no IMDB.

Fred Klaus 

Fred Klaus - Diretor de Arte, Formador

Formado na FAAP em São Paulo, Fred Klaus trabalhou mais de 12 anos na Tv Globo. Tem um currículo invejável e uma vasta experiência em dramaturgia, entretenimento, séries televisivas, reality shows, direção de arte, produção de arte e programação visual.

» CEO klaus studio 66

» Diretor de Espetáculos teatrais e de Dança Profissional de Comunicação Visual e Marketing;

» Digital Produtor de Moda Editorial;

Exemplos de Produções:


Segundo sol | novela | Dir. Denis carvalho / Maria de Medicis

Arte de amar | novela | Dir. Jayme Monjardim

Pega ladrão | novela| Dir. Luiz Henrrique Rios

Velho chico | novela| Dir. Luiz Fernando Carvalho

Ta no ar - 2017 | entretenimento comédia | Dir. Maurício Farias

Big brother 14, 15, 16 | reality show |Dir. Boninho

Babilônia | novela | Dir. Denis Carvalho

Eduarda Laia

Eduarda Laia - Escritora, Formadora

A Eduarda Laia tem uma vasta experiência como guionista.

 

Com 5 nomeações, é vencedora do International Emmy de “Melhor Telenovela” nos 39th International Emmy Awards com Laços de Sangue, na qual foi co-autora e coordenadora de equipa.

» Curso Superior de Cinema da Escola Superior de Teatro e Cinema do Conservatório Nacional com especialização em Som e Escrita de Argumento.

 

» Frequentou workshops e cursos intensivos, entre eles: curso de Guionismo Avançado, por Carlos Gerbase (Brasil), Mari Kornhauser (EUA) e Manovich (EUA); curso de Direitos de Autor, por Madalena Zenha; Genre Seminar de Robert McKee; seminário About the Art in Filmmaking, com Jan Harlan.

» Do seu trabalho de escrita para televisão destacam-se: co-autora e coordenadora de equipa da telenovela Laços de Sangue, vencedora do International Emmy de “Melhor Telenovela” nos 39th International Emmy Awards; co-autora das telenovelas Rosa Fogo e Windeck, nomeadas para o International Emmy de “Melhor Telenovela”; co-autora da série I Love It, escolhida para a Conferência The Wit Fresh TV, MIPCOM 2013; autora da telenovela Mulheres, nomeada para o International Emmy de “Melhor Telenovela”; co-autora da série Madre Paula, vencedora Prémio Sophia Melhor Série 2018, do Prémio Áquila Melhor Série 2018 e com nomeação Troféu Impala Melhor Série 2018; co-autora da telenovela Na Corda Bamba, nomeada para o International Emmy de "Melhor Telenovela".

» Iniciou-se no teatro com a peça Eu, Tu e a Terapeuta, em cena no Teatro da Trindade e no Teatro Armando Cortez.

» É Formadora e Orientadora de Argumento e Escrita de Guião na ETIC.

Veja o seu currículo no IMDB.

Luisa Caiano

Luisa Caiano - Pianista, Formadora

Luísa Caiano é pianista, professora, diretora de uma escola de formação artística e gestora/formadora de projetos financiados.

 

Tendo a sua formação de base - licenciatura e mestrado – em piano e ensino, em 2009 ingressou na direção do Curso de Música Silva Monteiro, na qual começou a desenvolver a elaboração e gestão de projetos culturais. Como gestora de projetos, tem elaborado diversas candidaturas a projetos internacionais a programas dos EEA Grants, Erasmus + e DGArtes, com muito sucesso.

 

Continua a exercer a atividade de pianista, tocando com regularidade sobretudo música de câmara.


» Licenciatura em piano


» Pós-Graduação em Gestão de Indústrias Criativas


» Mestrado em ensino da música

» Exemplos de projetos desenvolvidos:


WASO – Write a Science Opera – Pegada Cultural / DGArtes / EEA Grants
Concurso Internacional Santa Cecília – DGArtes
SPACE – Strategic partnership: Agents of change in education – ERASMUS+
MusiCom – Norte 2020
MusicALL – POISE (programa operacional inclusão social e emprego)
AMiE: Arts and Mindfulness in Education – ERASMUS+In 
 

André Sarbib

Andre Sarbib - Musico, Jazz, Formador

André Sarbib é músico e compositor. Um dos mais prestigiados músicos de jazz do cenário musical português.

 

Toca e tocou na companhia variadíssimos grupos e bandas e são inúmeras as suas participações com outros artistas como Joe Lovano, Barry Altschul, Ivan Lins, Carls Benavent, Ruben Dantas, Alice Day, Jorge Rossi, Saheb Sarbib, Carlos Carli, Joaquín Chacón, Paulo de Carvalho e António Serrano, entre outros.

 

Nos últimos 13 anos, com Ivan Lins, tocou em muitos dos clubes e festivais de jazz reconhecidos por todo o mundo, desde o Festival de Jazz Harstad (Noruega), passando pelo bero Jazz, (La Coruña, Espanha), até ao Clube de Jazz MisturaFina, (Rio de Janeiro, Brasil).


Atualmente, André Sarbib tem dois projetos prontos para apresentar e está a trabalhar num novo álbum, a lançar em breve.

» Em 1990, gravou "Silêncio das Águas", que foi o seu primeiro trabalho a solo, de material original, para a editora Numérica.


» Em 1993 lançou, "Coisas da Noite", que dá continuidade a um conceito musical que o coloca entre os melhores artistas de fusão de Portugal.


» Em 2008, gravou o álbum “This is it!", focado inteiramente no Jazz, com músicas cantadas por si.


» De 2000 a 2013, André Sarbib foi Diretor Artístico do 1º Festival de Jazz do Funchal, onde sempre alcançou grande sucesso.

João Didelet

João Didelet - Ator, Formador, Comediante

Ator em televisão, teatro e cinema, a comédia sempre foi predominante na sua arte. João Didelet, a caminho dos 30 anos de representação, é um dos rostos marcantes da ficção em Portugal.

 

Concluiu o Curso de Formação de Atores da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa em 1990 e é um ator que se popularizou na televisão em dezenas de novelas e séries, tendo já participado em vários filmes. 


Teatro (desde 1996), a destacar:


» “Sonho de Uma Noite de Verão”, encenação de João Perry (1996);
» “O Dia das Mentiras”, encenação de Rui Mendes (2008);
» “Allo Allo”, encenação (2015-2016), Paulo Costa e João Didelet | Teatro da Trindade.


Cinema (desde 1996):


» “O Despertador”, de Júlio Alves;
» “Portugal SA ”, de Bruno Niel;
» “Em Branco”, de Luciano Sazo.


Televisão (desde 2004):


“A Abóboda”,  “Ai a Minha Vida”,  “Vidago Palace”,  “Dancing Days” , “Une Famille Formidable”, “Doce Tentação”, “Pai à Força”, “Redenção”, “A Maluquinha de Arroios”, “Sentimentos”, “Cenas de Um Casamento”, “Morangos Com Açúcar”, “Vingança”, “Floribella”, “Bocage” , “Os Serranos”, “Até Amanhã, Camaradas”, “Os Batanetes”, “Inspector Max”, “A Ferreirinha”.

Veja o seu currículo no IMDB

Marta Ramalho

Marta Ramalho - Direitos de Autor, Formadora

Desde a ideia até à materialização de um projeto artístico, Marta Ramalho é especialista no domínio de todos os passos que envolve os direitos de autor e de propriedade intelectual.

 

Docente, formadora e produtora de documentários, foi durante mais de 10 anos  responsável pelo Licenciamento de Propriedade Intelectual de projetos audiovisuais de várias produtoras de TV e Cinema.


» Licenciada em Relações Internacionais pela Universidade Lusíada de Lisboa, 1997;

» Mestrada em Culturas Visuais - Antropologia - pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2018);

» Professora convidada da Unidade Curricular de Direito da Comunicação e da Informação na Licenciatura em Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia da Universidade Lusófona de Lisboa;

» Responsável Departamento de Licenciamento de Propriedade Intelectual, de 2007 a 2019;

» Produtora dos Documentários “Povo que Reza” (2017) e “O Tempo Que Faz” (2017);

» Profissional Freelancer na Área do Licenciamento de Propriedade Intelectual desde 2019, em projetos como: “Bem Bom” (2018); ”Clube” (2020 - Opto); “Prisão Domiciliária” (2020-2021 - Opto); “Porta ao Lado” (2021 - Opto).

Hélder Gamboa

Helder_Gamboa1.jpg

Licenciado em Animação Sociocultural no ISCE – Instituto Superior de Ciências Educativas e com vários cursos em formação de atores e teatro, Hélder Gamboa é ator, formador e encenador. Há 30 anos que participa em projetos de televisão e teatro.

 

Os seus formandos são de todas as idades, desde as crianças até aos seniores. Comemora em 2022 uma década de formações nas áreas de expressão dramática e teatro, com alunos surdos e com paralisia cerebral. 


A destacar em Televisão:

» “Nazaré”, “Prisioneira”, “Família Ventura”, “Teorias da Conspiração”, “Paixão”, “Espelho d`Água”, “Bem-vindos a Beirais”, “Mar Salgado”, “Jardins Proibidos”, “Dancing Days”, “Laços de Sangue”, “Podia Acabar o Mundo”, “Sonhos Traídos”, “Com Ronald Tudo é Mágico”, “Um Sarilho Chamado Marina”, entre outros.

A destacar em Teatro:

» “O apartamento”, “Pippi das Meias Altas, O Musical”, “Geografia da Alma”, “PortugueZmente (dançando)”, “Closer”, “Palhaço”, “Não Há Tempo Para Brincar “, “Antes de Começar “, “A maçã no escuro “, “Ler, Ouvir e Contar “, “Conto de Natal “, entre outros.


A destacar como Encenador:

 

»  “Boa Noite Mãe”, “Cinemanos”, “Estrangeiras”, “Tozé Amigo”, “8 Mulheres” “C!nderella”, “Janelas com Pessoa”, “Bodas de Sangue”, “Venenos”, “Carta com Resposta”, “Melocoton”, “Aqui e agora”, entre outros.


Veja o seu currículo no IMDB.

Emanuel Vicente

Emanuel_Vicente.jpg

Emanuel Vicente tirou a Licenciatura em Animação Cultural na Escola Superior de Educação de Viseu e possui o Curso de Caráter Tecnológico de Animação Sociocultural. Conta com diversas formações complementares nas áreas da animação cultural, teatro e formação de atores.

 

É Docente de Animação Sociocultural do Instituto de Desenvolvimento Social, na Fundação António da Sílvia Leal, desde 2014. Faz produção artística e criativa com a Tenda Produções e já participou em várias produções teatrais nos mais diversos pontos do país.

» Produção e criação de eventos nas mais várias áreas de Animação;

» Animação Cultural em escolas, lares de idosos e campos de férias;

» Participação em feiras nacionais como animador de rua; Expofacic, Festame,

Romaria de Santo Amaro de Alcântara e Feira Antiga – Pampilhosa, Festa Capital do Chícharo – Alvaiázere, entre outras;

» Participação em Festivais de Artes de Rua – Passo´Arte – Crato, FARA –Arouca, Catrapim - Bussaco, Práticas Artísticas - Viseu, Outono Quente - Viseu, entre outros;

» Formador em atividades Teatrais - CENAS – produzido pela Tenda Produções.

Ricardo Pinto

foramdor Profi.jpg

O professor e músico Ricardo Pinto tem uma licenciatura em música do curso de jazz da Escola Superior de Música, tendo também frequentado o Hot Club Portugal. Fez seminários, workshops e muitas outras formações musicais.

» A destacar como Professor:

Foi professor no Conservatório de Música Sons e Compassos, tendo participado no projeto Orquestras de Sintra;

Iniciou e coordenou a escola de música da Fábrica do Braço de Prata;

É fundador/autor e coordenador atual do projeto Emarte (Escola de Música e Arte, em Lisboa, Arroios).

» A destacar como Músico:

Já tocou com um leque vastíssimo de músicos. Com os Sintra Project, editou 2 trabalhos. Já o ouvimos tocar ao vivo e gravar com a Reunion Big Jazz Band, Black Mamba, Terrakota, Blasted Mechanism, Catarina dos Santos, entre outros;

Atualmente, fazem parte do seu quinteto o Ricardo Toscano, Óscar Graça, André Rosinha e Luís Candeias.

Veja o seu currículo aqui.

Marta Esteves

Marta_Esteves.jpg

Marta Esteves é fundadora, diretora e formadora da AtivarMentes, um projeto ligado à temática da Neuroplasticidade.

» Neste contexto, para todas as idades, realiza várias formações em empresas e instituições, como por exemplo, Findmore, DinoParque, Montepio, Universidade do Minho, Seagency, In You Institute, SCMAmadora.

» Formadora na Associação Encontros de Braço Dado.

» Frequentou o European Intelligence Institute – Instituto da Inteligência, onde obteve o seu diploma em Neurofitness.

» No Instituto Piaget, fez um Curso de Especialização em Neurociências e Neuroplasticidade (High Performance Brain).

» Possui o certificado de Frequência de Formação Profissional em Public Speaking, pela Speack & Lead.

» Possui o Certificado de Competências Pedagógicas, pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional.

» É licenciada em Contabilidade e Administração, Ramo Gestão e Administração Pública e tem um mestrado em Gestão e Empreendedorismo.

Jorge Manuel Alves

thumbnail_JorgeDuarteAlves.png

Jorge Manuel Alves é fotógrafo profissional, realizador de filmes e documentários e formador. Já recebeu vários prémios de fotografia, tendo exposto por diversas vezes e publicado o seu trabalho em jornais, revistas e livros. É professor, tendo lecionado cursos de fotografia, audiovisual e Photoshop em várias escolas e instituições.

A destacar como formador:

» Professor de Adobe Photoshop na Lisbon School of Design (2021);

» Professor da Escola de Fotografia da Oficina da Imagem (2013/2016);

» Coordenador e Formador do “Curso Profissionalizante de Fotografia” – Curso avançado de fotografia digital no ISLA - Instituto Superior de Línguas e Administração (2009/2010).

Como fotógrafo, fez várias Exposições de Arte Fotográfica em Portugal e no estrangeiro.

A destacar como realizador de vídeos de formação, institucionais, moda e publicidade:

» "Anucha"1980 (Selecionado para o Festival Internacional de Cinema da Infância e Juventude);

» “Apoio à Vítima de Violência Doméstica” (1999);

» “Linha SOS – Ambiente e Território” (2006);

» “Latitude 60 - Ano Polar Internacional”, Responsável de imagem, com a realizadora Cristina Teixeira (2008);

» "In Dublin" (2003);

» Campanha Educação Rodoviária (2007).

Conheça melhor o seu trabalho aqui.

João Tordo

joao_tordo.jpg

João Tordo nasceu em Lisboa, em 1975. Já conta com a publicação de 16 livros (divididos entre o romance, o policial e o ensaio), em vários países, desde a Europa até ao México, passando pela Argentina, Brasil, entre outros. Tem mais de uma década de experiência em formação literária.” Águas Passadas” e “A Noite em que o Verão Acabou” são os seus dois últimos romances.


Como escritor:


» Recebeu vários prémios, entre eles o Prémio Literário José Saramago 2009 com As Três Vidas e o Prémio de Literatura da Revista GQ em 2014.


» Foi finalista do Prémio Melhor Livro de Ficção Narrativa da Sociedade Portuguesa de Autores (2011 e 2015), do Prémio Literário Fernando Namora (2011, 2012, 2015, 2016) e do Prémio Literário Europeu em 2012.


Como Guionista:


» Participou em várias séries de televisão, incluindo O Segredo de Miguel Zuzarte (RTP), Filhos do Rock (RTP) e País Irmão (RTP).

Proficoncept (4).png

João Lobato de Faria

Rui Baeta

Rui Baeta divide a sua vida profissional entre a performance artística como cantor solista, o ensino de técnica vocal para a voz falada e cantada e a criação e direção de projetos musicais. Foi jurado nos programas All Together Now 2021 da TVI, Operação Triunfo 2010 da RTP, e Vocal Coach nos programas Factor X e Ídolos da SIC. É, desde 2019, o coordenador e preparador vocal do Coro Participativo da Orquestra Clássica do Sul. 

 

» Já foi premiado em vários concursos de canto, destacam-se o 1.º Prémio do Concurso RDP Jovens Músicos (1999) na classe de Música de Câmara - Nível Superior - com o pianista Paulo Pacheco, e a semifinal do Festival e Concurso Internacional de Canto do Canal Mezzo (2008).

 

» Na procura constante dos recursos eficazes da técnica vocal de modo a permitir ao orador o reconhecimento da sua verdadeira voz, Rui Baeta já colaborou com a TVI, CMTV, ZOV, e com vários encenadores.

 

» Com um vasto repertório no domínio da ópera, oratória e recital apresentado nas principais salas do país e no estrangeiro, já cantou com a Orquestra Nacional do Porto, de Cascais e Oeiras, Clássica do Sul, das Beiras, Sinfónica Portuguesa, Camerata de Lyon, Ensemble D’Arcos, Camerata do Concertgebouw, Gulbenkian, entre outras.

 

» Para além de diversas gravações realizadas para a RTP (RTP 1, Açores, Madeira e Internacional) e Antena 2, gravou em CD a Missa Grande de Marcos de Portugal e as óperas As Variedades de Proteu de António Teixeira, O Corvo, A Tabacaria, As Flores do Mal e O Regresso da Norma de Luís Soldado e, em 2022, Manifesto Nada, de António de Sousa Dias.

Proficoncept (6).png

João Lobato de Faria tem uma vasta experiência de Locução que já conta com largos anos. Possui o curso de rádio - Universidade Aberta de Lisboa e é fundador e proprietário da empresa Roda dos Sons, um estúdio profissional de áudio e vídeo.
É formador na área da Locução (Workshops de Preparação de Castings de Voz off e Curso de Formação de Locutores).
 

Como Locutor:
» Spots publicitários para rádio e televisão;
» Locução para cursos de e-learning para empresas nacionais e estrangeiras (Santander Totta, Avanzo, EDP, Isq-e, Grown-Ing, Navigator, BNP Paribas, BPI , Happy Ambition, etc);
» Programas lúdicos para uma rádio luso americana ( WJFD);
» Locução institucional na área da cultura;
» Locução para áudio de livros infantis (Girassol Editores, FFMS – Fundação Francisco Manuel dos Santos e autores anónimos);
» Locução para roteiros culturais e de viagens (Iclio, Izi.travel);
» Voz off para bancos, companhias de seguro (Santander Totta, Companhia de Seguros Lusitânia, Caixa Geral de Depósitos);
» Voz off para anúncios comerciais nacionais e estrangeiros;
» Rubricas humorísticas para rádio;
» Speaker em eventos.


Outras atividades:
» Co-autor de 2 livros – “Líderes no século XXI” e "De Galinha a Águia - O Momento Para Voar".
» Guionista na peça de teatro (non sense) “Telejornal Regional”.
» Um monólogo – “A semana do Vítor”.
» Participação pontual no Contra Informação e nos Novos Parodiantes de Lisboa.

Para mais informações os nossos serviços