Perca o medo de falar em público!

Atualizado: há 6 dias

Falar em público também é uma arte. Pressupõe técnicas, implica dominar ferramentas e quer ter um efeito sedutor de persuasão. Não se trata apenas de talento! É, de facto, uma competência, que tem de ser trabalhada, exercitada e desenvolvida. Aliás, qualquer talento ou dom, mesmo que extraordinário, tem de se alicerçada em trabalho. Não concorda connosco?


Dominar o seu discurso, gerar uma presença em palco e, acima de tudo, perder o medo e a timidez são passos a dar neste caminho. Por mais experiente que seja, fazer apresentações ou discursar nunca é tarefa fácil. É, por isso, que neste artigo, vamos tentar ajudá-lo a melhorar a sua oratória, dando-lhe algumas dicas e conselhos neste sentido. Confiança, postura, respiração… Tudo é importante!


Sabia que…
Um dos maiores medos do ser humano é falar em público?

Um estudo realizado no Reino Unido mostra que o medo de falar em público é apontado como o maior da vida por 41% das pessoas, acima até mesmo da morte (22%) ou de contrair dívidas (19%).


É uma dessas pessoas? Mãos suadas, dores de estômago, pernas a tremer… Não se preocupe, fique por aqui e torne-se num expert na matéria!



Dicas Gerais

Não são apenas as palavras que transmitem uma mensagem. Há toda uma comunicação verbal e não verbal a ter em conta. A sua postura, o tom de voz, gestos e expressões entram nesta equação. Tudo deve estar devidamente alinhado, para causar impacto e gerar credibilidade.


1. Conhecer o seu público é essencial

Conhecer a sua plateia dar-lhe-á os tópicos para o tipo de discurso. Mais formal ou informal, o que deve vestir, quais os temas que terão mais destaque e impacto, como conquistar mais atenção do lado de lá.


2. Planear

Este é um conselho transversal a qualquer dinâmica, profissional ou pessoal. “Um dia de cada vez” pode até ser romântico, mas, na realidade, nunca é isso que fazemos e não traz grandes resultados se o seguirmos à riscas No planeamento e organização está uma grande parte da responsabilidade no atingimento dos nossos objetivos.


3. Praticar, Praticar, Praticar

Um conselho que não podia ser mais válido! “Performance é treino”. Não é isso que o Cristiano Ronaldo está sempre a tentar transmitir? Pode treinar a oratória, sozinho, em frente ao espelho, por exemplo. Com este exercício, também aproveita para treinar os músculos faciais. Ou pode contar com os amigos que sejam honestos ao dar feedback.


Mais uma curiosidade…
Uma das personalidades mais famosas da História dos Estados Unidos, o presidente Abraham Lincoln sofria de ansiedade sempre que falava em público, chegando mesmo a adiar discursos por diversas vezes. 

Terá confessado este medo numa carta que só foi divulgada após a sua morte. Apesar disso, as suas frases estão até hoje entre as mais usadas em cenários de motivação e inspiração. Sem dúvida, um excelente exemplo de como o trabalho faz milagres!


Alguns truques

A par das técnicas e ferramentas e para além de aliar o conhecimento teórico à prática, existem truques que podem ser um fator diferenciador em qualquer cenário de oratória.


Atenção ao ritmo!

Ensaiar o texto deitado numa superfície plana e com um peso leve (como um livro) sobre o diafragma é um ótimo exercício de controlo da velocidade do discurso. Ao observar como o seu tórax se enche de ar e a frequência com que o peso se eleva, pode perceber se está a ir demasiado rápido, por exemplo.


Treinar em voz alta

Esta é uma técnica muito importante! Se o fizer, consegue ter noção do ritmo da fala, da entonação das frases e tentar reeducar a respiração. Por outro lado, está efetivamente a treinar a sua dicção, uma das partes fundamentais de um discurso.


Conhece os chamados trava-línguas? Ora, tente lá dizer:

Filomena Felícia Fausta Fonseca, famosa flor, farmacêutica fez formidáveis fórmulas, fabricou formosos fortificantes e famosos fertilizantes, fazendo felizes frenéticos fregueses.


Vamos lá relaxar!

Relaxar, meditar, descansar ajudam a ter autocontrolo. Ao conseguir controlar o nervosismo, tudo vai tornar-se mais fácil.

Vamos tentar?




Políticos, marketeers, apresentadores, atores, há um sem número de profissões que exigem estar perante uma plateia. As nossas Oficinas de Interpretação com a Rita Alagão são uma ótima ferramenta para se tornar num excelente comunicador! A nossa formadora tem uma vasta experiência na área de expressão artística, com currículo em direção de atores e como atriz em várias produções com a RTP, SIC e TVI. Atinja o seu verdadeiro potencial! Ainda pode inscrever-se! Saiba tudo aqui.


Todos juntos, somos a Proficoncept.


#oratória #comunicação #falar #comunicar #oficinasinterpretação

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo