top of page

A comunicação na liderança

Atualizado: 20 de jul. de 2023




Ter competências em comunicação é essencial para um líder conseguir aproximar-se com eficácia e empatia às pessoas com quem trabalha e de quem espera resultados. Esta é uma verdade transversal a qualquer indústria, setor e plano profissional.

No mundo corporativo, onde tudo acontece de forma rápida e nem sempre fácil, ser um bom comunicador não é apenas mais uma vantagem, agora, é requisito para a liderança!

E porquê?




Um bom líder deve ser um bom comunicador


Existem várias razões que estão na base desta afirmação. Há mesmo quem diga que a comunicação é a ferramenta mais poderosa para a gestão de pessoas. E as empresas são as pessoas, não são? Um bom líder deve ser um bom comunicador porque:


  • É alicerce para a construção de confiança: boas capacidades de comunicação ajudam os líderes a construir confiança com suas equipas, parceiros e clientes. A comunicação torna-se eficaz quando se consegue transmitir transparência e abertura, o que pode promover relacionamentos mais fortes e edificar a confiança.


  • Vai promover e Incentivar a colaboração: os líderes que comunicam bem conseguem promover a colaboração e cooperação entre os membros da equipa. Ao transmitir claramente expectativas e objetivos, é mais facilmente assumido o compromisso e a partilha do propósito de um projeto. É uma ótima ajuda para as equipas trabalharem juntas e de maneira mais eficaz.


  • Fazer uma boa gestão da mudança: gerir todo um contexto de mudança e reestruturação não é nada fácil. Os líderes precisam comunicar mudanças de estratégia, de políticas internas e externas ou modos de funcionamento. E esta comunicação tem de ser feita de forma clara e transparente para garantir que todos estão alinhados e para entenderem o nível de exigência e os resultados que são esperados.


  • É uma ferramenta para a resolução de conflitos: conflitos e desacordos são inevitáveis em qualquer organização. Boas competências de comunicação podem ajudar os líderes a resolvê-los, facilitando discussões abertas e honestas, ajudando as partes a entender as perspetivas de cada uma e a encontrar soluções mutuamente benéficas.


  • É uma fonte de Inspiração e motivação para as pessoas: Nada melhor do que ter um líder cujas palavras são alavancas para a dinâmica de trabalho. Ao transmitir uma visão clara e fornecer feedback e reconhecimento regulares, os líderes podem ajudar as suas equipas a permanecerem focadas e motivadas.


Portanto, se fizermos uma desconstrução do que acima falámos, acabamos por perceber que um bom líder tem de ser um bom comunicador. Enraizando a sua performance nestas diretivas, há um alinhamento das expectativas e aumento da produtividade. As pessoas sentem que fazem, efetivamente, parte da empresa, sentem-se ouvidos, reduz-se custos e evita-se desperdícios com a inatividade ou inércia, aumentando-se os ganhos financeiros!




As boas práticas da comunicação & liderança


Aqui ficam alguns conselhos para conseguir desenvolver a vertente de comunicação, qualquer que seja a sua área profissional:



Escuta ativa: A escuta ativa é um componente essencial da comunicação eficaz. Envolve prestar atenção ao que a outra pessoa diz, fazer as perguntas certas e responder sempre com atenção. A escuta ativa ajuda a garantir que todas as partes se sintam ouvidas e compreendidas.


Clareza e concisão: a comunicação clara e concisa é fundamental para garantir que a mensagem seja recebida e compreendida. Os líderes devem esforçar-se para evitar gírias ou termos muito específicos, não devem ter uma linguagem complexa ou informações desnecessárias que possam fazer dispersar a mensagem.


Empatia: empatia é a capacidade de entender e de se relacionar com os sentimentos e perspetivas de outra pessoa. Os líderes que mostram empatia podem criar confiança, promover melhores relacionamentos e resolver conflitos com mais eficiência.


No timing certo: a comunicação que é oportuna é mais provável de ser eficaz. Comunicar informações importantes deve ser prioritário para evitar mal-entendidos ou rumores.


Feedback: fornecer feedback com regularidade é crucial para ajudar as pessoas e as equipas a melhorar o seu desempenho. Os líderes devem fornecer feedback construtivo que seja específico, acionável e comunicado como suporte e não como julgamento ou má crítica.


Comunicação não-verbal: a comunicação não-verbal, como a linguagem corporal e tom de voz, pode desempenhar um papel significativo na forma como as mensagens são recebidas. Há que ter consciência de que as mensagens não-verbais têm de ser consistentes com aquilo que é dito.


Adaptabilidade: A comunicação eficaz requer a capacidade de se adaptar a diferentes situações e públicos. Os líderes devem ser capazes de ajustar o seu estilo de comunicação para atender às necessidades e preferências das pessoas nos diversos contextos.




Na Proficoncept, trabalhamos as competências de comunicação de um modo abrangente e, ao mesmo tempo, personalizado. As técnicas de comunicação são subliminares à nossa maneira de agir em sociedade, pessoal e profissionalmente. São vários os serviços que abordam esta temática, quer em formação quer em consultoria e coaching one-to-one.



Por que não nos contacta? Nós contamos-lhe tudo!

+351 968 450 911

(chamada com custo para a rede móvel nacional)

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page